Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Tudo que você precisa saber sobre pedal CLIP.

  • 06/04/2016

Amado por uns, odiado por outros, o pedal de clip está cada vez mais presente nas bicicletas, independente da modalidade.


Amado por uns, odiado por outros, o pedal de clip está cada vez mais presente nas bicicletas, independente da modalidade. Seu tamanho reduzido e aparência singular provocam olhares estranhos nos desavisados. Resolvemos fazer um apanhado geral sobre este item que está cada vez mais presente nas competições e nas trilhas. Pensando sobre usá-lo ou não? Chegou a hora de tirar todas as suas dúvidas.

 

Como funciona o pedal de clip?

O pedal de clip funciona em conjunto com uma sapatilha apropriada. Normalmente, possui um mecanismo de molas que “trava” a sapatilha e não deixa o pé escapar do pedal. Funciona como um “firma pé”, com a diferença de não trazer o incômodo do tamanho e do manuseio deste. Seu pé fica preso ao pedal e, para soltá-lo, há um movimento específico com o calcanhar.

 

Quais as vantagens e desvantagens de seu uso?

A maior vantagem é o ganho de cadência. Com o pé preso, o giro do pedivela fica mais redondo, pois ganha novas alavancas de força; você passa a não só “pisar” o pedal, mas também puxá-lo. No MTB, você ganha mais controle sobre a bike, o que facilita a condução e evita que você “pule” da bike ao passar por pedras e lombadas. Também ajuda nos saltos, o que é muito útil em trechos com valas.

Os principais inconvenientes são o período de adaptação, onde o usuário passa por várias quedas “bobas” por não dominar a “desclipagem” do pedal, e o custo do equipamento, que ainda é relativamente salgado.
 

Existem três tipos básicos.

O pedal de speed (1) é o mais leve de todos. Possui um taco (peça que se acopla à sapatilha e permite o encaixe desta no pedal) maior que os demais, aumentando a firmeza do pé no clip. Já o pedal de MTB (2) é mais pesado, por exigir maior resistência nas trilhas. Normalmente, possuem travas em ambos os lados e seus tacos são feitos de metal. Há uma versão híbrida, que lembra o formato dos pedais de speed, que pode ser usada em ambas as modalidades (speed ou mtb). Por fim, há o tipo egg beater (3), que recebe esse nome por lembrar um batedor de ovo. Sua principal característica é possuir 4 faces de encaixe. É um pedal leve, prático, porém menos resistente que os de MTB e bem mais caro.

 

Como escolher a sapatilha?

Primeiramente, tenha em mente a sua modalidade. Sapatilhas de speed possuem solados retos e lisos de fibra, o que facilita a aerodinâmica do conjunto. Já as de MTB possuem biscoitos e travas em sua sola, tornando-se mais apropriadas a trilhas em que é preciso descer da bike. Cuidado também ao verificar o encaixe dos tacos; você precisa ver se o taco do seu pedal é compatível com os furos da sapatilha.

 

Quanto custa um pedal de clip?

O mercado já oferece uma boa variedade de marcas e modelos. Um bom pedal de clip custa em torno de R$250,00. É comum que eles venham acompanhados de um par de tacos. Depois de muito desgaste, um par de tacos novos sai em torno de R$50,00. O custo da sapatilha é o que varia mais: A média de uma “boa” sapatilha é de R$280,00, havendo modelos que ultrapassam os R$1.000,00.

 

Fonte: Pedalandoo.com.br

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | Artigo | Andar de bike faz bem para a pele, coração, além de reduzir risco de depressão, veja

Andar de bike faz bem para a pele, coraç...

A atividade física regular pode ajudar a protegê-lo de doenças graves, como obesidade, doe... veja +

Bikers Rio Pardo | Artigo | Exercícios físicos regulares dobram as chances de você chegar aos 85 anos, diz estudo

Exercícios físicos regulares dobram as c...

Pessoas com os mais altos níveis de aptidão física aos 75 anos tiveram mais do que o dobro... veja +

Bikers Rio Pardo | Artigo | SP: Bicicleta significa economia ao SUS e aumento do PIB

SP: Bicicleta significa economia ao SUS...

A saúde dos paulistanos pode melhorar muito se a bicicleta fosse mais utilizada para ir ao... veja +

Bikers Rio Pardo | Artigo | Quer mais tempo, dinheiro e saúde? Vá de bike

Quer mais tempo, dinheiro e saúde? Vá de...

Estudo inédito aponta que ciclistas economizam até 451 reais ao mês, tem 90 minutos livres... veja +

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: 2º CICLO AVENTURA CANASTRA - 04/08/2019

Bikers Rio Pardo | 2º CICLO AVENTURA CANASTRA