Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Os ajustes e os cuidados com a suspensão da bicicleta

  • 23/06/2016

Confira dicas de como manter o bom funcionamento do equipamento.


Confira dicas de como manter o bom funcionamento do equipamento. 

A boa qualidade de uma suspensão pode melhorar o desempenho de um praticante no mountain bike, sejam eles sistemas dianteiros, traseiros ou full suspension. Além de absorver os choques com o solo e deixar o movimento mais suave, mantém a roda mais tempo em contato com o solo, o que reduz o cansaço. Para isso, os ajustes dependem de quem pedala, da modalidade e até mesmo do peso do biker. 

As suspensões, para os ajustes, possuem recursos de regulagem pré-carga e retorno (quando a mola é comprimida, a suspensão armazena e libera energia, retornando a força exercida anteriormente).Em alguns modelos, existe também a adaptação da trava, do curso de amortecimento e da mola negativa. Nos manuais das bicicletas é explicado o funcionamento do sistema de amortecimento. 

Em alguns casos os ciclistas têm preferências de regulagens diferentes das indicadas para o seu peso; nessas situações pode-se regular a suspensão de acordo com as preferências ou estilo de pilotagem do ciclista, porém sempre respeitando os limites estabelecidos no manual do produto, explicou Cesar Tonoli, engenheiro da ProShock. 


Cuidados

As suspensões são projetadas para ter uma longa durabilidade, seja qual for a modalidade praticada. Para isso, os cuidados com as peças são imprescindíveis e as manutenções preventivas sejam realizadas com freqüência. 
Para um praticante assíduo de mountain bike que percorra em média uma distância de 60 a 90 km por dia utilizando a suspensão, nós aconselhamos que seja feita uma revisão geral a cada seis meses. Nos casos em que o ciclista percorra distâncias menores do que essa, aconselhamos fazer uma revisão geral a cada ano, recomenda Tonoli. Os próprios praticantes podem também checar o funcionamento da suspensão mensalmente, evitando os desgastes. Conheça os principais desgastes nas suspensões das bikes: 

Elastômetro

Ao perder a propriedade elástica, a suspensão fica mole e comprimida. 

Hastes

Durante a frenagem, é possível identificar folga entre as hastes e o monobloco. A coloração também pode alterar na região de maior funcionamento das hastes. 

Vazamento

Tanto o vazamento de ar quanto o de óleo podem comprometer as peças da suspensão. A identificação é feita por meio do excesso de óleo nas hastes ou em qualquer parte da suspensão. No caso da suspensão a ar, a perda da pressão em um curto período de tempo é o modo mais eficaz de identificar o problema. 

Fonte: WebAdventure

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | Artigo | 6 coisas que todo novo ciclista precisa ter

6 coisas que todo novo ciclista precisa...

Novo no esporte? Saiba quais são os itens indispensáveis para começar.

Bikers Rio Pardo | Artigo | 11 pensamentos de um ciclista durante uma subida dura

11 pensamentos de um ciclista durante um...

Sempre que nos deparamos com aquela subida braba, são vários os pensamentos que vêm à cabe... veja +

Bikers Rio Pardo | Artigo | Ciclismo e amizade: como o esporte aproxima as relações e faz bem para o corpo e mente

Ciclismo e amizade: como o esporte aprox...

Você já saiu para fazer um pedal só e, no meio do caminho encontrou algum ciclista? E, ent... veja +

Bikers Rio Pardo | Artigo | Como transportar a bike no carro?

Como transportar a bike no carro?

Confira dicas e opções de suportes

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: 3º CICLO AVENTURA - CASA BRANCA-SP - 01/11/2020

Bikers Rio Pardo | 3º CICLO AVENTURA - CASA BRANCA-SP