Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Como a bicicleta conquistará as cidades após o coronavírus

  • 07/05/2020

A crise do Covid-19 ou Coronavírus tem gerado mudanças em todo o mundo. Provavelmente muitos dos nossos hábitos devem ser impactados daqui para frente. E isso diz respeito inclusive às questões de mobilidade.


Considerando-se o fato de muitos governos saberem que no transporte público não é possível manter a distância social recomendada na maioria dos casos, a bicicleta surge mais do que nunca como uma alternativa ao deslocamento de usuários. Especialmente dentro das grandes cidades, onde o carro muitas vezes não consegue vencer as questões relacionadas ao pico de tráfego.

A crise do coronavírus também nos fez perceber a necessidade que temos de nos movimentar. Além de praticar algum tipo de esporte regularmente. Aproveitar o deslocamento a pé ou de bicicleta soluciona tanto o problema do sedentarismo quanto de deslocamento. 

Nesse panorama, o mundo das bicicletas deve ganhar espaço como um meio de transporte seguro e ecológico . E não falamos apenas sobre ciclismo urbano como o conhecíamos até agora. Ou seja, aquele limitado a poucos usuários e pessoas que prestam serviços de entrega. Mas sim sobre uma mudança de modelo com muitas novas alternativas. 


E-bikes como protagonistas

Neste novo modelo as e-bikes têm potencial de serem protagonistas. Uma vez que pela sua versatilidade pode se tornar mais acessíveis. Um exemplo que vimos até antes da crise da saúde foi a boa repercussão do aluguel de bicicletas elétricas. Com destaque para uma recepção muito boa em cidades como Barcelona e ​​Madri.

Este modelo também possui alguns anos de vantagem em outras grandes cidades como Londres, com resultados muito bons em termos de descongestionamento do tráfego de veículos automotores.

As bicicletas elétricas são perfeitas para se locomover em muitas cidades. É rápida, eficaz, mais ecológica e requer pouco espaço para estacionamento. É provável que muitas pessoas descubram os benefícios de se locomover em poucos minutos pelos centros urbanos e de uma forma mais prazerosa.


Um outro ciclismo urbano pós coronavírus

Como nem todos têm orçamento, ou mesmo a necessidade de uma bicicleta elétrica, existem outros tipos de excelentes bicicletas para circulação no tráfego urbano. As bicicletas híbridas, por exemplo, são ideais para atender necessidades. Elas são ótimas para a manutenção da forma física, os deslocamentos, as aventuras, o lazer e muito mais. E todas são projetadas para uma experiência de condução confortável e divertida.

As híbridas de uso misto, por exemplo, combinam as características mais versáteis tanto das bicicletas de estrada quanto das mountain bikes. Com pneus de rolamento rápido para eficiência e guidões planos para o controle, você poderá pedalar facilmente tanto nas estradas num dia e enfrentar o cascalho ou o chão batido no outro.

Outra conseqüência derivada da crise do coronavírus é que muitas empresas foram forçadas a permitir ou favorecer o chamado teletrabalho . Se essa medida se tornar habitual, o tráfego rodoviário diário será bastante reduzido. Permitindo assim que as pessoas que não usam a bicicleta “por medo” ousem dar o primeiro passo de andar de bicicleta pela cidade tendo em vista o menor número de carros . 

Além disso, muitas das empresas que apostam no home office pelo menos em vários dias por semana, poderão reduzir o espaço de trabalho nos escritórios. Inclusive podendo instalar estações de trabalho com menos elementos. Isso também permitirá criar espaços para as bicicletas dos funcionários que as utilizam para irem até o escritório naquele dia.


Vale a pena comprar uma bicicleta agora?

Em resumo, há toda uma série de medidas ou argumentos que favorecem o estabelecimento da bicicleta como meio de transporte razoável, sustentável, ecológico e saudável nas cidades. 

Assim, comprar uma bicicleta elétrica, ou uma bicicleta híbrida, pode sim ser uma boa decisão nesse momento. Mesmo que o cenário da pandemia não permita que você ganhe as ruas agora, você também pode pedalar em casa com o auxílio de um rolo de treino.

Fonte da matéria

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | Notícia | Top 1 do mundo – Henrique Avancini – Ranking UCI de MTB XC

Top 1 do mundo – Henrique Avancini – Ran...

HENRIQUE AVANCINI NOVO NÚMERO 1 NO RANKING MUNDIAL

Bikers Rio Pardo | Notícia | Copa do Mundo de MTB 2020 #2 - NOVE MESTO - Avancini vence XCO e faz história

Copa do Mundo de MTB 2020 #2 - NOVE MEST...

Brasileiro foi o mais rápido e entrou para a história ao ser o primeiro a cruzar a meta em... veja +

Bikers Rio Pardo | Notícia | A máscara não afeta o desempenho ao pedalar em baixa intensidade

A máscara não afeta o desempenho ao peda...

Pouco a pouco, os pesquisadores aprofundam seus estudos sobre a pandemia e isso muitas vez... veja +

Bikers Rio Pardo | Notícia | Vendas de bicicletas cresce 118% em julho no Brasil

Vendas de bicicletas cresce 118% em julh...

Lojistas comemoram aumento das vendas de bicicleta em período de pandemia.

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: 3º CICLO AVENTURA - CASA BRANCA-SP - 13/12/2020

Bikers Rio Pardo | 3º CICLO AVENTURA - CASA BRANCA-SP