Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

9 dicas para quem quer começar no mountain bike

  • 25/04/2019

Pegue essas dicas para você cortar caminho rumo à melhor pilotagem nas trilhas


Mountain bike é divertido e desafiador, mas também pode ser estressante e aterrorizante. É claro que fica mais fácil com o tempo. No entanto, pegue essas dicas a seguir para você cortar caminho rumo à melhor pilotagem.

1. Solte-se
O trabalho de sua mountain bike é rodar por um terreno técnico. E o seu trabalho é deixar a bicicleta fazer o seu trabalho. Isso significa manter o corpo solto, para que ela possa se mover abaixo de você. Quanto mais técnico for o terreno, mais espaço a sua bicicleta precisa para se mover. Portanto, levante a bunda do selim. Ao pegar uma descida, deixe os “braços flexionados” e as “pernas de cowboy” – e solte os cotovelos e os joelhos para que a bike simplesmente flua, em vez de você brigar com ela.


2. Não perca o ritmo no mountain bike
Vai parecer anti-intuitivo, mas manter a velocidade – e até mesmo acelerar – é mais fácil quando o terreno é desafiador, porque, lembre-se, tudo o que a sua bike mais precisa é seguir em frente. O ritmo é o seu melhor amiga na trilha, portanto, não o perca.

 

3. Mude o seu peso de lugar
Subidas e descidas estarão pelo caminho. Numa subida difícil, transfira o seu peso para frente: incline-se mas não levante do selim, para manter o centro de gravidade sobre a roda traseira e não perder tração.

Na descida, faça o oposto, deslocando o seu peso para trás do selim, sobre a roda traseira – para evitar voar por cima do guidão.

 

4. Vá com calma nos freios
Em algum momento, você será tentado a esmagar as alavancas de freio. Mas resista a esta tentação! Freios de mountain bike são poderosos o suficiente para que você precise de apenas um (talvez dois) dedo(s) para diminuir a velocidade. Ajuste a velocidade antes dos trechos mais críticos, como pedras e outras passagens técnicas.  Se você se encontrar diante de uma curva muito fechada, esqueça o freio dianteiro (esquerdo) – e ele certamente faria a bike derrapar. Nesse caso, use o freio traseiro, (da direita) – você até pode derrapar, mas é mais provável que você continue em pé.

 

5. Use as marchas
Trilhas de mountain bike são cheias de altos e baixos, subidas e descidas. Portanto, tente sempre antecipar as mudanças de terreno encontrando a marcha certa — lembre-se, ritmo é tudo neste esporte.

 

6. É mountain bike, destrave a suspensão
Mountain bikes costumam ter, pelo menos, uma suspensão dianteira. Mas elas só funcionam se estiverem ativadas. A primeira coisa que deve saber é que deve destravar a suspensão durante as descidas e travá-la nas subidas e retas, para que a energia colocada nos pedais não seja desperdiçada.


7. Mire o seu caminho
Olhar diretamente para aquela pedra que você não quer acertar vai quase garantir que você vai bater nela. Chama-se “fixação de alvo”; sua bicicleta vai para onde seus olhos estão sendo direcionados. Em vez disso, portanto, olhe os obstáculos para onde você realmente quer ir. Mantenha o nível do queixo paralelo ao chão, os olhos para frente e tente olhar o mais longe possível. E use a visão periférica para transpor obstáculos imediatamente à sua frente. Um capacete específico de mountain bike, com viseira, o protegerá caso um galho passe despercebido.

 

8. Aprenda os reparos básicos
Por causa da natureza acidentada do terreno, reparos mecânicos são mais recorrentes na trilha do que na estrada. A tecnologia de pneus sem câmara ajudou a minimizar, mas não a eliminar, os furos. Então, aprenda alguns reparos básicos para ter certeza de que você pode sair pedalando da trilha quando algo der errado. No mínimo, você deve saber trocar um pneu. Outras boas habilidades incluem emendar uma corrente quebrada e a substituir uma gancheira.

 

9. Leve mais do que um cartão de crédito
Não há muitas lojas de conveniência no meio de uma trilha. E rolês de mountain bike muitas vezes levam muito mais tempo do que o previsto. Dessa forma, tenha sempre mais comida e água do que você acha que realmente precisa. Também é bem provável que seja impossível que alguém venha buscá-lo se algo der errado. Você pode não ter nem sinal de celular. Sempre carregue as ferramentas que você precisa: um câmara sobressalente (ou duas), bomba e canivete multiferramenta. Você ficará mais tranquilo e se divertirá mais sabendo que tem tudo o que precisa.

Por: Bicycling

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | Dica | Por que os treinos intervalados são fundamentais

Por que os treinos intervalados são fund...

Se você estiver tentando ficar mais rápido em distâncias curtas, como sprints intermediári... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Dor de cabaça durante os treinos: porque isso acontece?

Dor de cabaça durante os treinos: porque...

Não deixe dores e enxaqueca atrapalharem seu pedal

Bikers Rio Pardo | Dica | Luvas de ciclismo: 5 motivos para usá-las

Luvas de ciclismo: 5 motivos para usá-la...

As luvas de ciclismo, embora não sejam usadas por todos os pilotos, são sim uma parte bem... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | 7 Apps que todo ciclista deve conhecer

7 Apps que todo ciclista deve conhecer

Vamos falar sobre os 7 apps que todo ciclista deve conhecer e utilizar sempre que for nece... veja +

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: EXPEDIÇÃO AO PICO DO GAVIÃO - 07/07/2019

Bikers Rio Pardo | EXPEDIÇÃO AO PICO DO GAVIÃO