Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Por que ter dor nas costas é tão comum entre os ciclistas? Descubra!

  • 18/07/2017

Fisioterapeuta Raquel Castanharo fala sobre o problema que atinge de 30 a 60% dos praticantes de ciclismo e explica os principais fatores relacionados a essa lesão


A lombalgia (dor nas costas) é uma das queixas mais comuns entre praticantes de ciclismo. E estudos epidemiológicos apontam que esse problema acomete de 30% a 60% dos ciclistas. Veja os principais fatores relacionados a essa lesão:

- Postura na bicicleta

O ciclismo exige uma posição de constante flexão da coluna, principalmente quando o atleta assume uma postura que visa otimizar a sua aerodinâmica. No triatlo é onde se vê a maior flexão do tronco, seguida do ciclismo de estrada, e por último, a mountain bike. Essa postura em flexão aumenta a sobrecarga sobre os discos intervertebrais e ligamentos da coluna, o que pode levar à dor. O praticante do esporte precisa estar com a musculatura preparada para se manter por longos períodos nessa posição e procurar manter a melhor postura possível, sustentando a coluna dentro do possível.

Postura na bicicleta aumenta sobrecarga sobre a coluna

- Ajuste dos componentes da bicicleta

A posição da coluna é diretamente relacionada ao ajuste da bicicleta, por isso é importante que ela respeite as peculiaridades corporais e de movimento de cada ciclista. Para isso, a realização de uma avaliação biomecânica, conhecida como bike fit, é bastente útil.

- Estabilidade de tronco e pelve

O ciclista precisa de força e estabilidade no tronco e na pelve. Isso faz com que as pernas tenham mais eficiência nas pedaladas sem sobrecarregar a coluna e também aumenta a proteção desse segmento que fica em uma situação de flexão e sobrecarga. Uma sugestão de exercícios que trabalham esses pontos são a prancha (ficar paralelo ao chão, de barriga para baixo, apoiando-se nos antebraços e pés) e a ponte (deitado de barriga para cima, com as pernas dobradas, elevar a pelve).

- Discrepância no comprimento dos membros inferiores

Uma perna maior do que a outra pode levar à dor nas costas em ciclistas. Uma intervenção possível é a colocação de um calço entre o taco e o solado da sapatilha.

- Volume e intensidade de treinamento

A lombalgia pode acontecer devido a um excesso de treinamento (overtraining), situação em que os limites do corpo são ultrapassados e não há tempo hábil para sua recuperação. Atentar-se para esses fatores relacionados à lombalgia pode reduzir o seu risco de ocorrência e melhorar casos já instalados.

Por: EU Alteta/Raquel Castanharo, Jundiaí, SP

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | Dica | Bicicleta segura: 7 dicas para evitar que sua bike seja furtada

Bicicleta segura: 7 dicas para evitar qu...

Um dos problemas mais temidos ao se iniciar no ciclismo urbano é ter a bike furtada. Na ve... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Dicas para trilha de MTB: 7 regras de etiqueta para uma boa experiência

Dicas para trilha de MTB: 7 regras de et...

À medida que o Mountain Bike se populariza, as trilhas começam a receber um aumento no núm... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Como treinar para ultramaratonas de mountain bike

Como treinar para ultramaratonas de moun...

O treinador Gabriel Vargas mostra os passos mais importantes na preparação para encarar um... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Como criar uma rotina ao andar de bicicleta: dicas e cuidados

Como criar uma rotina ao andar de bicicl...

Conheça ainda alguns cuidados básicos para ter com a sua magrela e andar com segurança

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: 4º CICLO AVENTURA FURNAS - 06/03/2022

Bikers Rio Pardo | 4º CICLO AVENTURA FURNAS