Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Caminho do Sol

  • 10/07/2017

O Caminho do Sol, nasceu com o objetivo maior de oferecer aos amantes de caminhadas e cicloturismo um ambiente agradável, passando em sua quase totalidade, somente por áreas rurais, buscando a introspecção e o despojamento material.


HISTÓRIA

O Caminho do Sol, nasceu com o objetivo maior de oferecer aos amantes de caminhadas, um ambiente agradável, passando em sua quase totalidade , somente por àreas rurais, buscando a introspecção e o despojamento material.

Aproveitando inicialmente as características topográficas, e o excelente nível de qualidade de vida da cidade de Àguas de São Pedro, que coincidentemente comemora a data de sua fundação (dia 25 de Julho), com o dia do Apóstolo Santiago, lançamos dia 01 de dezembro de 2001, a pedra fundamental da Casa de Santiago, com a presença de Jesus Jato e sua mulher MariCarmen, doadores da imagem de Santiago.

A Casa de Santiago (local onde termina o Caminho do Sol) abriga hoje a imagem do Apóstolo Tiago. Entregue aos caminhantes em 25 de Julho de 2002 ,quando 94 peregrinos lá chegaram trazendo a imagem, que foi entronizada no "nicho" pelo Bispo Don Moacyr Vitti que no ano seguinte assinou o Decreto promulgando Santiago, Padroeiro da Cidade de Àguas de São Pedro que até aquela data não tinha ainda seu Patrono Oficial.

Os 240 km que compõem o "Caminho do Sol" começam a ser percorridos na histórica Santana do Parnaíba e vão até Águas de São Pedro. Trilhado a pé ou de bicicleta, o passeio atravessa centros urbanos, fazendas históricas e plantações a perder de vista. A programação foi criada pelo empresário José Palma, há quase uma década.

Os preparativos começam em um casarão do século 17, localizado no centro de Santana do Parnaíba, onde José Palma revisa o peso das mochilas e dá as últimas recomendações sobre a peregrinação. Entre uma explicação e outra, o caminhante é recebido por Emanuel, um historiador que contextualiza historicamente os aventureiros -o que sustentaria uma conversa noite afora, não fossem os primeiros quilômetros que serão andados na manhã seguinte, bem cedo.

Dali para frente, história e cultura caipira serão elementos presentes em todo o trajeto. O roteiro passa por cidades do Alto e Médio Tietê, que foram rota de bandeirantes durante o período de colonização e fundação de vilas no interior de São Paulo, como Pirapora, Cabreúva, Itu e Salto. 

Esse caminho não se trilha apenas com as pernas, mas com a mente também. O caminhante ou ciclista exercita o corpo em caminhadas sobre terrenos com altitudes que variam de 473 a 845 metros. Porém, o maior esforço com o qual o peregrino tem que lidar talvez seja administrar as inquietudes e questionamentos que o caminho desperta nos participantes. 

A próxima parada é em Cabreúva, a exatos 24 km. Os centros urbanos vão ficando para trás. Longos trechos de terra, em meio a fazendas, vão substituindo rodovias e o peregrino se dá conta da carga emocional que deverá encarar nos próximos quilômetros. A introspecção vai aumentando e, definitivamente, descobre-se que esse não é apenas um roteiro turístico pelo interior de São Paulo. Mais do que uma caminhada, é um encontro consigo mesmo.

 

TRECHOS

  1. Santana de Parnaíba a Pirapora -  14 km
  2. Pirapora do Bom Jesus a Cabreúva - 24km 
  3. Cabreúva ao Haras do Mosteiro (Itu)  - 24km  
  4. Haras do Mosteiro a San Marino (Salto) – 28 km
  5. San Marino a Elias Fausto – 14 km
  6. Elias Fausto a Fazenda Milhã – (Capivari) 21km
  7. Fazenda Milhã a Mombuca - 20km
  8. Mombuca ao Clube Arapongas - 24km
  9. Clube Arapongas a Monte Branco - 24km 
  10. Monte Branco a Artemis (Piracicaba) - 24km
  11. Artemis a Águas de São Pedro - 24km
  12. Total - 241 km

 

QUERO PEDALAR

CONFIRA O PASSO A PASSO

O Caminho do Sol não é um caminho público o que nos impõe algumas restrições. Para pedalar não é necessário seguir a agenda de saídas de caminhantes. Você deve escolher a data de saída que deseja e preenchar o formulário de reserva. Siga o passo a passo e se prepare para viver essa experiência única.

  1. Confira a palestra de orientação neste vídeo com o idealizador do projeto José Palma
  2. Confira o calendário de saídas. Para pedalar não é necessário seguir a agenda de saídas de caminhantes. Você deve escolher a data de saída que deseja e preenchar o formulário de reserva.
  3. Defina sua data de saída, faça a sua reserva.
  4. Preencha sua ficha de reserva.
  5. Confimação da reserva e inscrição. Após fazer a sua reserva entraremos em contato lhe enviando as orientações finais e confirmando a sua inscrição.

 

VALORES

A ROTA E SUA PRESERVAÇÃO

Kit inscrição bicigrino

Kit Inscrição Bicigrino - R$ 155,80 - Passaporte do Sol, Porta Passaporte, gargantilha de madeira com seta amarela e seguro acidentes pessoais.

Diárias

Pagas diretamente nas Pousadas com dinheiro ou cheque.
Entre R$ 130,00/R$ 170,00/dia (almoço, jantar, pernoite e café da manha)

Atenção 

Chegue à primeira Pousada em Santana de Parnaíba, sempre à véspera de sua data de saída.

Não esqueça de levar 5 kg de mantimentos não perecíveis para doação e receba seu Passaporte do Sol com o primeiro carimbo.

 

PERCURSOS

AQUI VÃO MAS SUGESTÕES DE ROTAS


ROTA LARANJA - 5 DIAS

  • 1° dia  - Santana de Parnaíba / Cabreúva - 38KM
  • 2° dia  - Cabreuva / Elias Fausto - 66KM
  • 3° dia  - Elias Fausto / Mombuca - 41KM
  • 4° dia  - Mombuca / Monte Branco - 28KM
  • 5° dia  - Monte Branco / Águas de São Pedro - 48KM

 

ROTA AZUL - 4 DIAS

  • 1° dia - Santana de Parnaíba / Haras do Mosteiro - 62KM
  • 2° dia - Haras do Mosteiro/ Mombuca - 83KM
  • 3° dia - Mombuca / Monte Branco - 48KM
  • 4° dia  -Monte Branco / Águas de São Pedro - 48KM

 

ROTA VERDE - 4 DIAS

  • 1° dia  - Santana de Parnaíba / Haras do Mosteiro 
  • 2° dia  - Haras do Mosteiro / Fazenda Milhã
  • 3° dia  - Fazenda Milhã / Monte Branco
  • 4° dia  - Monte Branco / Águas de São Pedro

 

ROTA VERMELHA - 3 DIAS

Importante: (Hard) desaconselhável em função das áreas de corte de cana, e de atrasos com imprevistos, como: quebra da bike, pneus furados etc...,e pela total impossibilidade de pedal noturno.

  • 1° dia - Santana de Parnaíba / Haras do Mosteiro 
  • 2° dia - Haras do Mosteiro / Mombuca
  • 3° dia - Mombuca / Águas de São Pedro

Nesta opção, a Ara Solis deverá ser retirada posteriormente em nosso escritório, uma vez que a Casa de Santiago – local onde termina o Caminho do Sol, fecha ás 16:30h , e os ciclistas dificilmente conseguem chegar neste horário.

 

 

Mais informações acesse: 

www.caminhodosol.org

Tel: (11) 2215-1661

 

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Imagens

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: 6º CICLO AVENTURA - CACONDE-SP - 19/01/2020

Bikers Rio Pardo | 6º CICLO AVENTURA - CACONDE-SP