Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

VOLTA DAS TRANSIÇÕES - 04/06/24 A 09/06/24

Como fazer a inscrição.

O Circuito Serras de Ibitipoca, apresenta o 1º roteiro de cicloturismo da zona da mata de Minas Gerais, percorrendo serras, campos e florestas pedalando em uma aventura pelos mais remotos e belos caminhos do interior.

Clique Aqui e Inscreva-se!
Data: 04/06/2024
  Local: O Circuito hoje abrange os municípios de Rio Preto, Lima Duarte, Bias Fortes, Ibertioga, Santana do Garambéu, Santa Rita de Ibitipoca, Olaria, Santa Rita de Jacutinga, Arantina e Bom Jardim de Minas.
Distância: 380 km
Nível: Intermediário
Valor da Reserva (40%): R$ 1100,00
Valor Total: R$ 2390,00

DE 04/06/2024 A 09/06/2024 

 

SEJA BEM VINDO À VOLTA DAS TRANSIÇÕES

Quando o sul de Minas chega nas bordas da Zona da Mata, desde as fronteiras cariocas até os campos das vertentes, os antigos caminhos e os novos roteiros revelam a alma das Minas Gerais.

O Circuito Serras de Ibitipoca, apresenta o 1º roteiro de cicloturismo da zona da mata de Minas Gerais, percorrendo serras, campos e florestas pedalando em uma aventura pelos mais remotos e belos caminhos do interior.

O circuito está localizado em uma região do interior, onde as pequenas cidades compartilham as origens coloniais, as belezas naturais e a hospitalidade do povo mineiro.

 

O nome “Volta das Transições” se refere às transições naturais de vegetação, relevo, história e cultura, mudanças bem evidentes ao longo do trajeto. Também são claras as mudanças de clima e relevo entre os campos de altitude, mata atlântica, serras, vales e planaltos. 

Cravada no Circuito Serras de Ibitipoca, tem seu início na cidade Santa Rita de Jacutinga - MG, que fica a uns 370 km de SP. Como seu traçado é circular, o final do trajeto será no ponto de partida, facilitando a logística para quem vai de carro. O caminho é formado por estradas secundárias, que passam por dez municípios e totalizam aproximadamente 380 km.

O caminho é praticamente todo em estradinhas de terra, com passagem aqui e ali por algum trecho de paralelepípedos e asfalto, às vezes com travessia de riachos. O roteiro é dividido em sete etapas, com início ou término em pontos com hospedagem e alimentação.  

Apesar de ser tentador percorrê-lo a pé, o caminho é complicado para os caminhantes, pois os locais de pouso são muito distantes um do outro, com jornadas de até  65km por etapa.

 

Desenvolvimento, cachoeiras, serras e vilas
 
A Associação faz parte da atual Política Nacional de Turismo, implementada e orientada pelo Ministério do Turismo (MTur) e Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais (SECULT). Foi criado no ano de 2000 e certificado em 2006, compreende a região da Serra da Mantiqueira onde se encontra o Parque Estadual de Ibitipoca, Parque Estadual Serra Negra da Mantiqueira, APA Boqueirão da Mira, Planalto do Alto  Rio Grande, Vale do Rio Preto e Vale do Rio do Peixe.​

O Circuito hoje abrange os municípios de Rio Preto, Lima Duarte, Bias Fortes, Ibertioga, Santana do Garambéu, Santa Rita de Ibitipoca, Olaria, Santa Rita de Jacutinga, Arantina e Bom Jardim de Minas. Recentemente o município de Pedro Teixeira foi excluído do Programa de Regionalização do Turismo por não atender as condicionantes exigidas pelo Ministério do Turismo e SECULT.​

O Objetivo do circuito é fomentar o turismo, auxiliar os municípios na gestão pública da atividade, fortalecer o tecido empresarial do setor, incentivar a criação e gestão de Unidades de Conservação da Natureza e facilitar a utilização do potencial ecoturístico, o turismo rural e o turismo histórico-cultural do território.​

Todos os municípios são repletos de atrativos, proporcionando aos visitantes uma oportunidade única para desfrutar de caminhadas, trekking, montanhismo, aventuras espeleológicas, rafting, rapel, cavalgadas e o contato com boa parte da história de Minas, traçada durante o ciclo do ouro, do leite e do café, com sua arquitetura marcada por lindas sedes de fazendas, vilas e casarões nas pequenas cidades.

 

Arte, gastronomia e cultura tradicional 

Todas as cidades do Circuito oferecem excelentes opções de cachoeiras, serras, rica biodiversidade, vilas e povoados, com suas capelas, comida típica e toda a mineiridade da Mantiqueira.​ 

Os municípios de Lima Duarte, Santana do Garambéu, Santa Rita de Jacutinga, Olaria, Bom Jardim de Minas, Arantina, Bias Fortes e Rio Preto, por exemplo, possuem várias disjunções da Serra da Mantiqueira que já contam com roteiros formatados prontos para receber os visitantes, o maior deles que percorre toda a região é a Volta das Transições.   

As Unidades de Conservação: Parque Estadual de Ibitipoca, Parque Estadual Serra Negra da Mantiqueira, APA Boqueirão da Mira e Parque Municipal do Taboão juntamente com as Serras do Cruz, da Boa Vista, da Cachoeira Alegre, das Areias, da Bandeira, da Mira e a Serra de Lima Duarte com o Pico do Pão de Angu, formam inúmeras cachoeiras, grutas, dunas e curiosas formações rochosas que dão um toque especial à paisagem e formam os grandes  cartões postais da região.​ 

Como toda boa região mineira, as localidades abrangidas pelo Circuito Serras de Ibitipoca oferecem autêntica culinária, artesãos talentosos e as culturais festas religiosas. A região conserva tradições típicas da vida no campo, como as Exposições Agropecuárias, com apresentações de grupos folclóricos, rodas de viola, shows sertanejos e corporações musicais, além das Festas do Carro de Boi, que espalham seu gemido inconfundível pelas ruas das cidades de Ibertioga e Santana do Garambéu.

 

Cidades do circuito

Conheça os municípios que integram o Circuito e os principais atrativos da região.

  • Bias Fortes -  Detentora de paisagens exuberantes, Bias Fortes está localizada na zona da mata mineira, limitando-se com os municípios de Juiz de Fora, Antônio Carlos, Pedro Teixeira, Santa Rita de Ibitipoca e Santos Dumont, estando estrategicamente próxima ao Parque Estadual de Ibitipoca.
  • Bom Jardim de Minas -  Berço das águas que abastecem a bacia hidrográfica do Rio Grande, Bom Jardim de Minas guarda grandes remanescentes de mata atlântica preservada, onde se escondem cachoeiras, grutas, paredões e serras, dentre as quais se destacam a Serra da Bandeira, a Serra do Cruz, a Serra da Mira, a Serra do Governo e Imbutaia.
  • Ibertioga - Com aproximadamente 5.000 habitantes, Ibertioga é uma cidadezinha tranquila e aconchegante, de povo hospitaleiro, localizada no Campo das Vertentes, a 39 km de Barbacena e aproximadamente 45 km do Parque Estadual de Ibitipoca. Conhecida como a Capital Nacional dos Carros de Boi, Ibertioga possui casarões históricos em sua área central e fazendas de estilo barroco colonial, além de belas cachoeiras.
  • Lima Duarte - A origem da cidade de Lima Duarte está inserida na história do Ciclo do Ouro em Minas Gerais. O município servia de apoio e reabastecimento de alimentos aos bandeirantes que por ali passavam. A maior atração de Lima Duarte é o Parque Estadual do Ibitipoca, local de rara beleza. Também são pontos turísticos na cidade, as Estações Ferroviárias de Lima Duarte e de Orvalho. Para a prática religiosa, os visitantes encontram as Igreja de São Francisco e de São José dos Lopes e a Matriz de Nossa Senhora da Conceição.
  • Olaria - Na Serra da Mantiqueira mineira, o município de Olaria figura como um dos mais charmosos municípios da região, destacando-se por sua beleza cênica, natural, cultural e histórica. Localizado entre as disjunções das mais belas montanhas de Minas Gerais, entre a Zona da Mata e o sul de Minas, o município possui forte apelo ecológico e representatividade histórica, tendo servido de apoio e passagem para tropeiros, tropas imperiais e viajantes, durante o período de ocupação e desenvolvimento de Minas Gerais.
  • Rio Preto -  A história da localidade está ligada ao ciclo da mineração de Minas Gerais. Por aquela época, entre o final do século XVIII e o início do século XIX, a coroa proibia a abertura de novos caminhos, para que, assim, o ouro escoasse apenas por lugares conhecidos, onde os impostos seriam regularmente cobrados. Desta forma, surge Rio Preto, no único ponto onde era possível a passagem legal do ouro, sendo chamado, inicialmente, de Registro de Rio Preto.  Nas primeiras décadas do século XIX, a cafeicultura ganhou projeção na localidade, o que fez com que o povoado fosse elevado à vila em 1844 e à cidade em 1871. O café também foi responsável pela chegada da estrada de ferro Central do Brasil, em 1892. Com a decadência do café, o crescimento econômico e urbano da região se estagnou. Porém, no início do século XX a pecuária começou a ganhar espaço, prática que ainda se destaca nos dias de hoje. O turismo também é relevante para a cidade, graças aos aspectos naturais e históricos do município.
  • Santa Rita de Ibitipoca -  O Município tem em seu território o norte do Parque Estadual de Ibitipoca, entre os atrativos turísticos mais visitados está a famosa Janela do Céu, que pode ser acessada pela parte alta e baixa. Outro importante atrativo do município é a Reserva Particular Serra da Água Santa, esta vem se estruturando e já recebe centenas de visitantes todos os anos. A cidade em si é uma volta ao passado, possui uma linda igreja centenária e uma população tradicional, tipicamente mineira.
  • Santa Rita de Jacutinga - Detentora de beleza cênica invejável, com vegetação exuberante, mata atlântica preservada e grande número de cachoeiras, Santa Rita de Jacutinga possui potencial para ecoturismo, turismo de aventura, turismo rural e religioso. Por entre os muitos restaurantes de Santa Rita de Jacutinga, equipados com fogão à lenha, bem como em meio às suas belas fazendas históricas, ecoam várias histórias, que vão desde o ciclo do café até o comércio ilegal de escravos, passando pela pecuária e o turismo de aventura ou ecológico.
  • Santana do Garambéu - um pedacinho do céu, como é tratada carinhosamente pelos moradores locais, destaca-se pela simplicidade e hospitalidade de seu povo, preservando o que há de melhor em sua cultura.
  •  

 

Atrativos em destaque

A riqueza natural e cultural das Serras de Ibitipoca guardam alguns encantos que você precisa incluir no seu roteiro de viagem. Conheça alguns destaques!

 

Parque Estadual de IBITIPOCA

Localizado na Zona da Mata, nos municípios de Lima Duarte e Santa Rita do Ibitipoca, o P.E.I. ocupa o alto da Serra do Ibitipoca, uma extensão da Serra da Mantiqueira.

É o Parque mais visitado do Estado, um dos mais conhecidos do Brasil e a principal atração da região. Com uma área de 1.488 hectares, a unidade de conservação está no local onde se dividem as bacias do Rio Grande e do Rio Paraíba do Sul

 

Fazenda SANTA CLARA

Imponência é a palavra que define a Fazenda Santa Clara. Construída entre 1760 e 1780, foi a mais importante fazenda de propriedade do Comendador Francisco Tereziano Fortes e serviu, durante muito tempo, para a reprodução de escravos no período colonial.

O interior da fazenda ainda conserva o mobiliário e objetos da época, bem como a capela, que merece importante destaque, por seus detalhes e pelo afresco de Santa Clara, pintado no teto.

Recentemente, a fazenda foi tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA), devido à sua importância no histórico da região e do Brasil Colônia.

 

             

 

PROGRAMAÇÃO

  • 04/06/2024 - CHECK-IN - Em pousada (inclusa no pacote) na cidade de BOM JARDIM DE MINAS-MG (a chegada na cidade de BOM JARDIM DE MINAS por conta de cada ciclista, pode acontecer dos ciclistas combinarem carona entre si). Os carros dos particicipantes ficarão na pousada até o término da cicloviagem na segunda-feira.
  • 05/06/2024 1ª ETAPA - Bom Jardim de Minas a Rio Preto - 80 km 1200 metros acumulados 
  • 06/06/2024 2ª ETAPA - Rio Preto a Lima Duarte - 72 km 1800 metros acumulados
  • 07/06/2024 3º ETAPA - Lima Duarte a Ibertioga - 99 km 1900 metros acumulados
  • 08/06/2024 4ª ETAPA - Ibertioga a Conceição do Ibitipoca - 65 km 1500 metros acumulados
  • 09/06/2024 5º ETAPA - Conceição do Ibitipoca a Bom Jardim de Minas (previsão de término às 13hs) - 65km com 1200 metros acumulados 

     

O percurso passa por estradas de terra, asfalto, trilhas, trechos com terreno irregulares e single tracks.
Trajeto circular com saída e chegada em BOM JARDIM DE MINAS-MG

  

O QUE ESTÁ INCLUSO

  • Veículo de apoio 4x4 equipado com kit de primeiros socorros e transbike, durante o percurso (ou nas proximidades, em alguns pontos não é possível a passagem de carro)
  • Suporte e orientações pré cicloviagem
  • Hospedagens em pousada dupla ou tripla CHECK-IN e ETAPAS: 1, 2, 3 e 4
  • Café da manhã: ETAPAS: 1, 2, 3, 4 e 5
  • Jantar CHECK-IN e ETAPAS: 1, 2, 3 e 4
  • Guia de turismo com cadastro Cadastur
  • Fotógrafo profissional durante todo o percurso, fotos em alta resolução disponíveis
  • Durante o pedal: mix de frutas secas e castanhas, amendoin, paçoquinha, água, malto, gelo, banana e maça (em pontos de paradas pré-determinados).
  • Almolanche: Macarronada, pão com carne moida, pão com hamburguer gourmet, pão com frango e coca cola
  • Apoio mecânico para reparos rápidos
  • Orientações nas revisões diárias das bicicletas
  • Translado das bagagens no carro de apoio
  • Seguro de vida e acidentes pessoais 10.000 despesas médicas/hospitalares 100.000 morte/invalidez
  • Placa bike personalizada
  • Medalha de participação ao término de cada etapa, que ao final forma uma linda mandala
     

 

VAGAS LIMITADAS A 15 CICLISTAS!

(Quantidade minima de 10 pessoas para esta cicloviagem)

 

Caso você tenha preferência por outra data, entre em contato!

  

 

VALOR/INVESTIMENTO: R$ 2.390.00

  • Reserva R$ 1.100,00  à vista (depósito/pix)
  • Saldo     R$ 1.290,00   - 5 dias antes da cicloviagem (depósito/pix)

Parcelamos cartão de crédito até 12 parcelas (juros por conta do comprador) consulte-nos!

   

 

  

Luciano Carneiro (organizador) (19)99297-8612

Bikers Rio Pardo - Respeito, comprometimento, gentileza e colaboração 

PROGRAMAÇÃO

04/06/2024 - CHECK-IN - Em pousada (inclusa no pacote) na cidade de BOM JARDIM DE MINAS-MG (a chegada na cidade de BOM JARDIM DE MINAS por conta de cada ciclista, pode acontecer dos ciclistas combinarem carona entre si). Os carros dos particicipantes ficarão na pousada até o término da cicloviagem na segunda-feira.
05/06/2024 1ª ETAPA - Bom Jardim de Minas a Rio Preto - 80 km 1200 metros acumulados
06/06/2024 2ª ETAPA - Rio Preto a Lima Duarte - 72 km 1800 metros acumulados
07/06/2024 3º ETAPA - Lima Duarte a Ibertioga - 99 km 1900 metros acumulados
08/06/2024 4ª ETAPA - Ibertioga a Conceição do Ibitipoca - 65 km 1500 metros acumulados
09/06/2024 5º ETAPA - Conceição do Ibitipoca a Bom Jardim de Minas (previsão de término às 13hs) - 65km com 1200 metros acumulados

Percurso de 380 km, por estrada de terra batida e trilhas, com aclives e declives, algumas estradas de terra com cascalho e terreno irregular.
O percurso totaliza 7.500 metros acumulados de subidas, divididos em 6 etapas.

Veículo de apoio durante o percurso (ou nas proximidades, em alguns pontos não é possível a passagem de carro)
Suporte e orientações pré cicloviagem
Hospedagem em pousada dupla, tripla ou quadrupas (acomodações simples)
Café da manhã
Jantar no 1º e 2º dia
Guia cadastrado Ministério do Turismo
Taxa visitação Parque Nacional da Serra da Canastra
Fotógrafo profissional durante todo o percurso, fotos em alta resolução disponíveis
Durante o pedal: lanche manhã, lanche tarde, hidratação e frutas (em pontos de paradas pré-determinados)
Apoio mecânico para reparos rápidos
Orientações nas revisões diárias das bicicletas
Translado das bagagens no carro de apoio
Seguro de vida e acidentes pessoais

- BICICLETA adequada para estrada de terras em perfeita condições de funcionamento. Recomenda revisão completa antes da cicloviagem.
- CAPACETE
- LUVA
- ÓCULOS
- FAROL
- BOLSA DE HIDRATAÇÃO OU CARAMANHOLA
- CÂMARA DE AR RESERVA
- DOIS CONJUNTOS DE ROUPAS PRA PEDALAR (PREFERÊNCIA MANGA LONGA)
- 1 CAMISETA DE ALGODÃO PARA DORMIR
- 1 SHORT OU CALÇA DE TACTEL
- CHINELO
- KIT HIGIENE PESSOAL
- FILTRO SOLAR BIODEGRADÁVEL
- REPELENTE DE INSETOS
- CELULAR/CARREGADOR
- MEDICAMENTOS DE USO CONTÍNUO OU DE CERTA FREQUÊNCIA.

ITENS OBRIGATÓRIOS:
- CAPACETE
- LUVAS
- ÓCULOS DE PROTEÇÃO
- ROUPAS DE CICLISMO
- BIKE COM PNEUS COM CRAVO PARA TERRA

- BICICLETA MOUNTAIN-BIKE, REGULADA E REVISADA, COM PNEUS PARA TERRA
- ESTAR ACOSTUMADO A PEDALAR COM FREQÜÊNCIA EM TODOS TIPOS DE TERRENO
- TER DISPOSIÇÃO PARA ENFRENTARMOS JUNTOS OS OBSTÁCULOS E DIFICULDADES PROPOSTAS

ITENS OBRIGATÓRIOS:
- CAPACETE
- LUVAS
- ÓCULOS DE PROTEÇÃO
- ROUPAS DE CICLISMO

Veículo de apoio 4x4 equipado com kit de primeiros socorros e transbike, durante o percurso (ou nas proximidades, em alguns pontos não é possível a passagem de carro)
Suporte e orientações pré cicloviagem
Hospedagens em pousada dupla ou tripla CHECK-IN e ETAPAS: 1, 2, 3 e 4
Café da manhã: ETAPAS: 1, 2, 3, 4 e 5
Jantar CHECK-IN e ETAPAS: 1, 2, 3 e 4
Guia de turismo com cadastro Cadastur
Fotógrafo profissional durante todo o percurso, fotos em alta resolução disponíveis
Durante o pedal: mix de frutas secas e castanhas, amendoin, paçoquinha, água, malto, gelo, banana e maça (em pontos de paradas pré-determinados).
Almolanche: Macarronada, pão com carne moida, pão com hamburguer gourmet, pão com frango e coca cola
Apoio mecânico para reparos rápidos
Orientações nas revisões diárias das bicicletas
Translado das bagagens no carro de apoio
Seguro de vida e acidentes pessoais 10.000 despesas médicas/hospitalares 100.000 morte/invalidez
Placa bike personalizada
Medalha de participação ao término de cada etapa, que ao final forma uma linda mandala

- DESLOCAMENTO ATÉ A CIDADE DE SAÍDA
- HOSPEDAGEM ENCERRAMENTO DA CICLOVIAGEM
- TRANSPORTE PARA ACOMPANHANTES DURANTE TODA A CICLOVIAGEM
- REFEIÇÕES: ALMOÇO OU JANTRA NÃO MENCIONADOS
- BEBIDAS ALCOÓLICAS EM GERAL
- PASSEIOS LOCAIS OPCIONAIS
- SERVIÇOS MÉDICO-HOSPITALARES E FARMACÊUTICOS
- DESPESAS EXTRAS DE CARÁTER PESSOAL (TELEFONE, GORJETA, LAVANDERIA, ETC.)
- TUDO QUANTO NÃO SEJA EXPRESSAMENTE MENCIONADO NO PROGRAMA

1. A idade MÍNIMA para ciclistas se inscreverem para o passeio é de 18 (dezoito anos), menores de idade somente acompanhado de seus pais ou responsáveis.

2. Para a realização do evento SERÁ NECESSÁRIO NO MÍNIMO 10 BIKERS, caso contrário o evento será cancelado e faremos a devolução dos valores, em até 7 dias antes do evento.

3. As inscrições terão limite de no máximo 15 bikers, caso atinja o número de inscritos as inscrições serão fechadas para esta cicloviagem.

4. ESTE EVENTO É INDICADO PARA QUEM JÁ ESTÁ ACOSTUMADO A PEDALAR COM FREQUÊNCIA.Nossa avaliação de condição física e técnica para este evento é classificado tendo-se como referência um indivíduo não-atleta e não sedentário, que possua autonomia em conduzir a bicicleta e que já tenha pedalado 40kms ou mais sem dificuldade.

5. Todos(as) os(as) participantes deverão estar em dia com rigorosa avaliação médica para realização da cicloviagem.

6. As inscrições encerram-se 10 dias antes do evento.

7. Não haverá reembolso, por parte da organização, bem como de seus patrocinadores e apoiadores, de nenhum valor correspondente aos equipamentos e/ou acessórios utilizados pelos participantes no evento, independente de qual for o motivo, nem tampouco, por qualquer extravio de materiais ou prejuízo que porventura os participantes venham a sofrer durante a participação neste evento.

8. NÃO SERÃO ACEITOS ciclistas que não estiverem com todos os equipamentos obrigatórios pré-estabelecidos.

9. Durante o percurso e atividades sempre haverá um guia, utilizando-se de rádio para transmitir ao ciclista de apoio e vice versa, caso haja imprevistos ou irregularidades; sendo assim não será permitida a ultrapassagem do guia e nem mesmo ficar atrás do apoio final.

10. Ficam proibidas manobras radicais. Por essa razão, é imprescindível que todos os participantes respeitem as leis de trânsito e cidadãos, nas ruas e estradas.

11. É expressamente proibido o consumo de bebidas alcoólicas ou qualquer tipos de substâncias ilícitas durante a cicloviagem.

12. Se você faz uso de algum medicamento ou tem alguma restrição, favor comunicar.

13. Em caso de emergência chamaremos o serviço público local de resgate.

14. Você receberá todas as informações e ponto de encontro no seu e-mail cinco dias antes do evento.

15. DEVOLUÇÃO DO DINHEIRO: todo evento tem um custo operacional como impostos, seguro de vida, transporte, apoio, pessoal e hospedagem (no caso de pernoite), todos esses custos são pagos antecipadamente então segue algumas regras abaixo (de acordo com a deliberação normativa nº 161 de 09 de Agosto de 1985 da Embratur);
- De 31 dias antes do início da Cicloviagem, devolução total do valor pago (Será descontado taxas e impostos R$ 100,00).
- De 15 a 30 dias antes da realização do evento, devolução de 50% do valor pago (Será descontado taxas e impostos R$ 100,00).
- Até 14 dias antes da realização do evento, não há devolução do dinheiro.
- A sua inscrição é pessoal e intransferível, não sendo possível ceder a sua vaga.

16. CANCELAMENTO DO EVENTO. O evento pode ser cancelado pelo caso:
- Caso não atinja o números de inscritos para a realização do mesmo (item 2)
- Caso o acesso ao local do evento sofra algum dano que impossibilite o acesso ou coloque em risco a segurança dos participantes,
- Nos casos acima os participantes inscritos são comunicados e o valor já pago é devolvido ao participante ou revertido em crédito para um próximo evento.

17. O seguro de vida/acidentes é para o ciclista/participante, pessoal e intransferível. Não incluí bicicleta ou demais equipamentos.

- Antes de pedalar, alimente-se de maneira correta para a prática da modalidade.
- Abasteça sua garrafinha em todos os pontos de apoio e hidratação do percurso.
- Conduza a bicicleta sempre em uma velocidade segura, assim você não correrá riscos e não atrapalhará outro participante ou usuário da via.
- Mantenha sua bicicleta sempre revisada, assim seu pedal será mais aproveitado.
- Não descartem lixo no chão! Zelem pela preservação da natureza!
- Zelar pela imagem do mountain-bike e do ciclismo.

- BAGAGEM DE MÃO - Sugestão : Calça/bermuda, camiseta, chinelo, blusa, roupas intimas, itens de higiene pessoal, carregador de celular, repelente, (lembramos que é região de Serra estando o clima sujeito a mudanças bruscas de temperatura).
- UTENSÍLIOS A SEGUIR COM A BIKE: Capacete, garrafinha de água, luvas, óculos, câmara de ar reserva, capa de chuva ou corta vento, calça comprida para bike ou pernito, camisa de manga comprida ou manguito, celular, protetor solar, documentos e dinheiro para uso pessoal.

Valor da Reserva (40%): R$ 1100,00
Taxa de pagamento: R$ 0,00
Valor da Reserva + Taxa (40%): R$ 1100,00
Valor Restante (Depósito em conta): R$ 1290,00
Valor Total do Evento (Reserva + Depósito): R$ 2390,00
Atenção: Você deve fazer a inscrição e efetuar o pagamento da reserva. Em seguida você deve efetuar o depósito em conta do restante do valor.

Depósito bancário

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar