Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Cicloturismo Volta das Transições

  • 10/07/2017

O Circuito Serras de Ibitipoca, apresenta o 1º roteiro de cicloturismo da zona da mata de Minas Gerais, percorrendo serras, campos e florestas pedalando em uma aventura pelos mais remotos e belos caminhos do interior.


​O PROJETO

O Roteiro "Volta das Transições" é um projeto idealizado pela equipe técnica da Associação dos Municípios do Circuito Turístico Serras de Ibitipoca, inspirado no Roteiro de CICLOTURISMO DO VALE EUROPEU, em Santa Catarina, e terá sete rotas, totalizando sete dias de roteiro Mountain Bike e 408 km de percurso,

O roteiro Volta das Transições foi especialmente idealizado para a prática de cicloturismo, porém, oferece condições para a prática de outras atividades como caminhadas, cavalgadas, jeep tour ou motociclismo percorrendo todos os municípios do Circuito Serras de Ibitipoca.

O trajeto prioriza as estradinhas de terra que cortam os pequenos vilarejos entre as montanhas, atravessam os mares de morros e alcançam famosos atrativos turísticos da Zona da Mata, e sul de Minas Gerais.

A região contempla a transição entre diversos ecosistemas florestais. Nos trechos mais isolados do roteiro, a natureza preservada revela a biodiversidade da fauna e flora da Mata Altlântica e dos Campos Altimontanos, inseridos em um mosaico de inestimável beleza cênica.

 

 

ENTENDA AS TRANSIÇÕES

O nome “Volta das Transições” se refere à região onde o roteiro está inserido, que inclui em seu mosaico importantes transições de vegetação, relevo, história e cultura, facilmente identificadas nos diferentes trajetos. As mudanças de clima e relevo entre os campos de altitude, mata atlântica, serras, vales e planaltos, somados à diversidade cultural e histórica, revelam os traços da ocupação agrícola e do ciclo do ouro nos caminhos e descaminhos que formaram a identidade singular das povoações em Minas Gerais.

Essas "transições" se misturam, levando o viajante a reviver diferentes épocas e a sentir toda a biodiversidade natural do Circuito Serras de Ibitipoca.

 

ETAPAS DO ROTEIRO

​A "Volta das Transições" é dividida em 7 etapas, sendo cada uma delas com início ou término em pontos que oferecem apoio logístico como hospedagem, alimentação e alguns pontos de assistência técnica. Conheça os detalhes de cada etapa, as ferramentas e dicas de navegação disponíveis para um melhor planejamento do seu passeio, ou entre em contato com um operador credenciado.

 

ETAPA 01
Santa Rita de Jacutinga, fazendas históricas, Rio Preto e os altos do Funil

A Etapa 1 da Volta das Transições se inicia no centro de Santa Rita de Jacutinga, partindo da antiga estação ferroviária e seguindo através das montanhas das zonas rurais por aproximadamente 9km, até alcançar as margens mineiras do Rio Preto, nas proximidades da Cachoeira do Cardoso. A estrada de terra acompanha as margens do rio, passando pela Fazenda Santa Clara e pelos vilarejos de São Luiz do Rio Preto e São Pedro do Taguá, em direção à sede do município de Rio Preto.


Do centro da cidade, o roteiro ascende em direção às regiões mais altas do município, passando pela Vila de Santo Antônio das Varejas até alcançar o Vilarejo do Funil, ponto final do primeiro dia de percurso, dispondo de opções de hospedagem e alimentação.

  • Extensão: 54,5 km
  • Termina no ponto de partida (circular): não
  • Subida 865m
  • Elevação máx994 m
  • Descida: 541 m
  • Elevação mín: 414 m
  • Dificuldade técnica: Difícil
  • Horas 6 horas 18 minutos
  • Arquivo GPX aqui.

 
Mais sobre Santa Rita de Jacutinga
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Santa Rita de Jacutinga.
  
Mais sobre Rio Preto e Serra do Funil
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Rio Preto.

 

ETAPA 02
Da Vila do Funil, pelo Caminho das Voltas em Olaria, até Lima Duarte

Na segunda etapa, o caminho segue em sentido ascendente, passando pelo povoado da Encruzilhada e continuando por entre pequenas propriedades rurais, até atravessar as montanhas da Serra Negra, a mais de 1.200m de altitude. Neste ponto, inicia-se a descida da região da Serra dos Flores, através da Estrada das Voltas, de onde avista-se, ao longe, o Pico do Pão de Angu. Ao final da descida, cruza-se a BR-267, por estrada asfaltada, em direção à sede do município de Olaria.


Saindo de Olaria, no caminho para a Vila de Cachoeira de São Bento, a estrada de terra percorre o trajeto da extinta malha ferroviária conhecida como Estrada dos Cortes, até a sede do município de Lima Duarte, ponto final do 2.º dia do percurso e ponto de apoio do roteiro, com meios de hospedagem e alimentação.

  • Extensão: 53,47 km
  • Termina no ponto de partida (circular): Não  
  • Subida: 563 m
  • Elevação máx: 1.243 m
  • Descida: 741 m  
  • Elevação mín: 702 m
  • Dificuldade técnica: Moderado
  • Horas 5 horas
  • Arquivo GPX aqui.


Mais sobre Olaria
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Olaria
 
Mais sobre Lima Duarte
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Lima Duarte

 

ETAPA 03
De Lima Duarte a Pedro Teixeira, até Bias Fortes

A terceira etapa começa na sede de Lima Duarte, saindo do perímetro urbano através da estrada de terra para a Vila do Manejo, atravessando o Rio do Peixe nas proximidades da divisa entre os municípios de Lima Duarte e Pedro Teixeira e seguindo até a localidade do Tabuado. Adiante, depois de atravessar o rio Grão Mogol, no Trevo do Serrote, inicia-se um pequeno trecho de asfalto em perímetro urbano até o centro da cidade de Pedro Teixeira, um dos pontos de apoio, hospedagem e alimentação do percurso.


O caminho segue em direção à sede do município de Bias Fortes, onde existem pontos de hospedagem e alimentação, no sentido da Vila de Várzea de Santo Antônio, terminando na Pousada Rural Fazenda da Serra, ponto de apoio, hospedagem e alimentação deste percurso.

  • Extensão: 52,85 km
  • Termina no ponto de partida (circular): Não
  • Subida: 1.018 m
  • Elevação máx: 920 m D
  • Descida: 914 m
  • Elevação mín: 679 m
  • Dificuldade técnica: Difícil
  • Horas 2 horas 23 minutos
  • Arquivo GPX aqui.


Mais sobre Pedro Teixeira
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Pedro Teixeira

Mais sobre Bias Fortes
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Bias Fortes

 

ETAPA 04
Faz. da Serra em Bias Fortes, Vermelho, em Santa Rita do Ibitipoca, até Ibertioga

Na etapa 4 do percurso, partindo da Pousada Fazenda da Serra, o caminho segue em direção à Vila de Bom Jesus do Vermelho até alcançar a sede do município de Santa Rita de Ibitipoca.

Após um pequeno trecho de asfalto, retorna-se à estrada de terra que leva ao lugarejo conhecido como Cruz da Moça, seguindo até a sede do município de Ibertioga, ponto de apoio, alimentação e hospedagem do 4.º dia.

  • Extensão: 45,73 km
  • Termina no ponto de partida (circular): Não
  • Subida: 1.009 m
  • Elevação máx: 1.196 m
  • Descida 809 m
  • Elevação mín782 m
  • Dificuldade técnica: Moderado
  • Horas 5 horas 2 minutos
  • Arquivo GPX aqui.

Mais sobre Sta. Rita de Ibitipoca
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Sta. Rita de Ibitipoca
  
Mais sobre Ibertioga
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Ibertioga

 

ETAPA 05
De Ibertioga para Santana do Garambéu e Conceição do Ibitipoca 

Partindo da sede do município de Ibertioga, o percurso segue por estrada asfaltada (MG-338), passando pela Vila de Cachoeirinha e pela Vila do Pico, até a sede do município de Santana do Garambéu.


Deste ponto, o roteiro passa por estradas de terra, entre as localidades da Pedra Negra e do Jambeiro, seguindo por plantações de eucalipto e "campos altimontanos", pelo Alto da Pindaíba, até alcançar a antiga escola rural do Alto da Boa Vista, de onde se segue no sentido à Vila de Conceição de Ibitipoca, ponto de apoio, alimentação, hospedagem e final do 5.º dia do percurso.

  • Extensão: 64,89 km
  • Termina no ponto de partida (circular): Não
  • Subida: 1.543 m
  • Elevação máx: 1.259 m
  • Descida: 1.335 m
  • Elevação mín: 964 m
  • Dificuldade técnica: Muito difícil
  • Horas 8 horas 28 minutos
  • Arquivo GPX aqui.

Mais sobre Santana do Garambéu
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Santana do Garambéu
 
Mais sobre Conceição de Ibitipoca
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Conceição de Ibitipoca

 

ETAPA 06
De Ibitipoca a Bom Jardim de Minas, através dos velhos caminhos do trem

A etapa 6 começa na Igreja Matriz do distrito de Conceição de Ibitipoca, em direção ao município de Bom Jardim de Minas. Percorrendo os antigos caminhos do ouro por onde passou o naturalista Saint-Hilaire, entre Rancharia e Várzea do Brumado e as estradas de terra remanescentes do antigo Ramal Ferroviário Zona da Mata – Sul de Minas,      Este trecho passa por diversos povoados e vilarejos, entre eles os Povoados de Rancharia, Várzea do Brumado,  Palmital, trevo de São Domingos da Bocaina, Capoeira Grande e Dois Córregos.

A alguns quilômetros do ponto final do percurso, o caminho segue pelas margens do Rio Grande, em uma região com algumas cachoeiras e pontos para banho, até alcançar a sede do município de Bom Jardim de Minas, ponto de apoio, hospedagem e alimentação.

  • Extensão: 63,72 km
  • Termina no ponto de partida (circular): Não
  • Subida:830 m
  • Elevação máx: 1.245 m
  • Descida:  881 m
  • Elevação mín: 898 m
  • Dificuldade técnica: Difícil
  • Horas 6 horas 40 minutos
  • Arquivo GPX aqui.


Mais sobre Conceição de Ibitipoca
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Conceição de Ibitipoca
  
Mais sobre Bom Jardim de Minas
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Bom Jardim de Minas

 

ETAPA 07
De Bom Jardim de Minas à Santa Rita de Jacutinga, cruzando as montanhas da Serra do Pacau

Na etapa 7 da Volta das Transições, saindo de Bom Jardim de Minas, seguimos pela região de Milho Branco em direção à Serra das Torres. Passando por plantações de pinus e eucaliptos, pegamos a estrada para a Vila de Itaboca, de onde se inicia trecho de trilha, com acesso ao Boqueirão da Mira, cachoeira famosa e importante atrativo turístico da região.

 

A trilha contempla ainda a Cachoeira dos Meireles, antes de alcançar a Vila do Cruzeiro, onde se iniciam os quilômetros finais até o centro de Santa Rita de Jacutinga, ponto de apoio, hospedagem, alimentação e ponto final do Roteiro de Cicloturismo Volta das Transições. 

  • Extensão: 45,11 km
  • Termina no ponto de partida (circular): Não
  • Subida 1.186 m
  • Elevação máx 1.358 m
  • Descida: 1.792 m
  • Elevação mín: 496 m
  • Dificuldade técnica: Moderado
  • Horas 4 horas 58 minutos
  • Arquivo GPX aqui.

Mais sobre Bom Jardim de Minas
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Bom Jardim de Minas
 
Mais sobre Santa Rita de Jacutinga
Clique aqui para ver mais informações sobre atrativos turísticos, gastronomia, hotéis e pousadas em Santa Rita de Jacutinga

 

PLACAS DE SINALIZAÇÃO

Todo o trajeto do roteiro possui placas de sinalização nos principais entroncamentos e bifurcações. As placas fornecem informações de localização geográfica e direção.

 

INSCRIÇÃO E CERTIFICADO

Faça sua inscrição e saiba mais sobre como obter o certificado de conclusão do roteiro no site http://www.voltadastransicoes.com  

 

Mais informações sobre a Volta das Transições:

http://www.voltadastransicoes.com  

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Imagens

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: Ciclo Aventura - VARGEM GRANDE do Sul - 22/07/2018

Bikers Rio Pardo | Ciclo Aventura - VARGEM GRANDE do Sul