Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Casal larga tudo e viaja pelo Brasil de bicicleta carregando cabrita de estimação

  • 16/10/2017

Samuel Serrano e Juliana Moraes já passaram por várias cidades brasileiras. Ao chegarem no Piauí, eles conheceram a Luna, a cabrita que virou animal de estimação.


Um casal de namorados largou tudo para viajar pelo Brasil e países da América Latina. O detalhe é que o percurso é feito de bicicleta. Natural do Rio Grande do Sul, Samuel Serrano percorre as cidades desde o ano passado. Este ano, em passagem por Porto Velho (RO), ele conheceu a autônoma Juliana Moraes e os dois se apaixonaram. Para viver o grande amor, ela decidiu deixar os estudos e o trabalho para viver sobre duas rodas. Os dois percorrem as cidades carregando uma cabrita, animal de estimação do casal.

De passagem por Araguaína, Samuel contou como a aventura começou. Ele é natural de Bento Gonçalves (RS) e trabalhava de garçom em um hotel. Sempre no fim do expediente, pegava a bicicleta e pedalava por cerca de 10 quilômetros só para se distrair. Até que um dia, resolveu largar o emprego e realizar o sonho de viajar com a bike. "No início não é tão simples assim, pedir demissão. Tem que ter uma estratégia. Mas depois no caminho as coisas se ajeitam".

A aventura que começou no sul do Brasil seguiu para Uruguai, Santa Catarina, Paraná, Paraguai, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, até chegar em Rondônia, onde o inesperado aconteceu. Quando Samuel chegou na capital Porto Velho, ele conheceu a Juliana. Os dois se apaixonaram. No início, ela não queria mudar de vida. Ela trabalha e estudava, enquanto Samuel queria seguir viagem.

"A gente conversou e tinha essa vontade de ficar juntos. Eu falei para ele: 'Quando você quiser ter uma vida normal, a gente então pode reatar. Aí ele falou: 'Então eu vou dizer que quando você cansar de ter essa vida normal [...]'. Me deu um estalo de que eu também poderia viajar com ele".

Juliana decidiu largar tudo para fazer viagem de bicicleta com o grande amor - Foto: Reprodução/TV Anhanguera

A bicicleta da Juliana estava há cinco anos parada e ela não tinha o hábito de praticar atividades físicas. "No primeiro dia eu pedalei 80 quilômetros e foi o único dia que foi sofrido. Depois foi tranquilo".

Todas as coisas do casal são carregadas em uma carretinha. Em cada cidade que param, contam com o apoio e solidariedade das pessoas para se hospedarem.

Em uma dessas cidades, a dupla virou um trio. Quando estavam no Piauí conheceram a Luna, uma cabrita. "A gente adquiriu ela em São Raimundo Nonato. A gente já tinha intenção de ter um animal de estimação, mas não um cachorro ou um gato que desse muito trabalho. Aí a Luna foi perfeita".

Essa aventura que já dura quase um ano percorreu até agora 17 mil quilômetros. Do Tocantins, Eles seguem para Goiânia, Minas Gerais e São Paulo. O objetivo é passar por todos os estados do Brasil e países da América Latina. Uma aventura que está apenas começando. "No mínimo quatro, no máximo sete anos. Se passar um pouquinho não faz mal", disse Samuel sobre o tempo calculado para concluir a aventura.

Por: G1.com

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | SUA HISTÓRIA | Aos 50 anos, mulher deixa depressão para trás e esta no top 10 ranking Strava Brasil

Aos 50 anos, mulher deixa depressão para...

Ela que já tinha experimentado Hidroginástica,por orientação médica, afirma que não gostou... veja +

Bikers Rio Pardo | SUA HISTÓRIA | Como o ciclismo tem ajudado um empresário a vencer o câncer

Como o ciclismo tem ajudado um empresári...

Aos 44 anos, Alexandre tem a força psicológica como uma grande aliada nessa batalha

Bikers Rio Pardo | SUA HISTÓRIA | O carro dele quebrou, ele começou a pedalar e perdeu 22kg

O carro dele quebrou, ele começou a peda...

O relato de Jesse Hamann: a falta do carro foi o empurrão que precisava para ele começar a... veja +

Bikers Rio Pardo | SUA HISTÓRIA | Guillain-Barré: biólogo que acordou 'tetraplégico' volta a andar de bicicleta: 'Sensação de liberdade'

Guillain-Barré: biólogo que acordou &#39...

Na manhã de 2 de outubro de 2016, Nelson Rodrigues da Silva não conseguia se mexer com sin... veja +

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: 4º BIKE-ROCK-BEER - SÃO ROQUE da Fartura-SP - 10/03/2019

Bikers Rio Pardo | 4º BIKE-ROCK-BEER - SÃO ROQUE da Fartura-SP