Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Mountain Bike para leigos: Aprimorando a pedalada nas trilhas

  • 09/08/2014

A prática do mountain bike exige do ciclista certa habilidade técnica para conseguir transpor os obstáculos do terreno sem ter que descer da bicicleta. Para ciclistas com pouca experiência nas trilhas isso pode ser um problema. Via de regra leva-se um tempo para que a experiência seja desenvolvida, porém existem alternativas para que isso aconteça de forma mais rápida.


A prática do mountain bike exige do ciclista certa habilidade técnica para conseguir transpor os obstáculos do terreno sem ter que descer da bicicleta. Para ciclistas com pouca experiência nas trilhas isso pode ser um problema. Via de regra leva-se um tempo para que a experiência seja desenvolvida, porém existem alternativas para que isso aconteça de forma mais rápida. 

Faça trilhas sempre que possível - Só assim você irá adquirir a experiência necessária para transpor os obstáculos naturais do terreno, como os variados tipos de solo, o relevo, etc. Com o tempo, algumas situações deixarão de ser um bicho de sete cabeças. Tente andar nos mais variados terrenos que conseguir para assim se expor a situações diferentes que requeiram técnicas diferentes. 

Pedale com ciclistas mais experientes -Ler a trilha que se está pedalando é uma habilidade importante no mountain bike. Atletas experientes conseguem identificar situações só de bater o olho, identificando os melhores lugares para se passar e isso é fundamental em situações como por exemplo, descida em velocidade. Nas pedaladas em grupo, procure observar os ciclistas mais experientes e ver o traçado que eles escolhem no percurso. Além de observar, aproveite para ouvir também. Dicas sobre reparos e manutenção, alimentação e utilização de equipamentos são de grande importância neste esporte. 

Treine seu equilíbrio - Com os dois pés nos pedais, pare completamente a bicicleta e veja quanto tempo você consegue equilibrar-se sem colocar os pés no chão. Para os iniciantes é recomendado tentar o exercício na grama primeiro pra depois se aventurar no asfalto ou pisos mais duros. 

Procure uma rua com pouco movimento e tente pedalar sobre as linhas da rua que demarcam as pistas. Tente manter seus pneus totalmente sobre as linhas, olhando sempre a frente para evitar surpresas desagradáveis. É importante que você tente o exercício em diversas velocidades. 

Conheça seus limites - Submeter-se à situações diferentes é importante para você desenvolver suas habilidades sobre a bike, mas tenha sempre em mente que a segurança deve vir em primeiro lugar. Tenha bom senso, e não se aventure a fazer trilhas muito além da sua capacidade. Não tenha pressa, o condicionamento físico e a experiência vem com o tempo. 

Mountain BikeTreine subindo calçadas e meio fios - Saber levantar a roda da frente é uma habilidade essencial para qualquer ciclista que queira se aventurar nas trilhas. Para começar, treine utilizando a calçada como obstáculo. Aproxime-se perpendicularmente ao meio fio em velocidade lenta e tente, ao mesmo tempo, pedalar e puxar a roda da frente, em uma marcha intermediária. O segredo aqui não é força e sim a coordenação. Levante a roda da frente jogando o corpo levemente para trás. Assim que a roda da frente tiver transposto o obstáculo, alivie o peso da roda traseira projetando seu corpo levemente para a frente. 

Pedale suavemente - No Mountain Bike, ao se pedalar em áreas que oferecem pouca tração, como cascalho solto e terreno arenosos, quanto melhor for nossa técnica de pedalada, melhor conseguiremos tracionar sobre o terreno. 

Aprenda a trocar as marchas corretamente - Um dos maiores erros dos iniciantes é não utilizar corretamente a relação de marchas de sua bike. Sua bicicleta não possui tantas marchas a toa! As melhores dicas para aprender a cambiar corretamente sua bicicleta são: 

Evite o cruzamento de marchas - Jamais utilize a coroa grande de sua bike em conjunto com os pinhões maiores do cassete da bicicleta e nem o contrário (coroa pequena com pinhão menor). Assim você garante o correto funcionamento do seu equipamento, evita desgastes desnecessários e se previne de uma possível quebra da corrente. 

Troque a marcha com antecedência - O segredo do uso das marchas da bicicleta é fazer com que você consiga manter-se em uma cadência (rotação do pedivela) ideal. Nas subidas, não espere até o último momento para aliviar a marcha, mude de marcha um pouco antes de chegar ao pé da subida. Nas curvas fechadas, coloque uma marcha leve o suficiente para que você consiga retomar a velocidade mais facilmente após a curva. E não se esqueça de, ao trocar as marchas, aliviar um pouco a pedalada, para evitar a quebra do conjunto do câmbio. 

Fonte: MTB Brasília

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | Dica | “Fórmula mágica”: Melhore sua performance com 3 treinos por semana

“Fórmula mágica”: Melhore sua performanc...

Está sem tempo para treinar todo dia? Siga nossas dicas, pedale três vezes por semana e br... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | 5 motivos porque pedalar no sol é mais cansativo

5 motivos porque pedalar no sol é mais c...

Sua dose diária de vitamina D também pode deixar você exausto. Descubra porque você se sen... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Não quebre

Não quebre

7 dicas para você não perder todas as forças em uma pedalada longa

Bikers Rio Pardo | Dica | 31 dicas para você ficar em forma para sempre na bike

31 dicas para você ficar em forma para s...

Como regra geral, encare toda a pedalada difícil e aguente o tranco o máximo que puder

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: CICLO AVENTURA FURNAS - 17/02/2019

Bikers Rio Pardo | CICLO AVENTURA FURNAS