Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Noções básicas de primeiros socorros para ciclistas

  • 23/05/2015

Calma é um remédio sagrado na emergência. Tenha em mente que os primeiros 5 minutos são cruciais para o acidentado, portanto mantenha a calma e não perca tempo: telefone para o resgate.


Calma é um remédio sagrado na emergência. Tenha em mente que os primeiros 5 minutos são cruciais para o acidentado, portanto mantenha a calma e não perca tempo: telefone para o resgate.

Fique atento ao som do resgate para orientar a posição correta do acidente. Quando o resgate tomar conta da operação ajude afastando os curiosos e dando espaço para eles trabalharem.

Passada a emergência, pegar orientações com os médicos, dar acompanhamento e carinho podem fazer milagres na recuperação. O resto deixe para especialistas.

- Em qualquer acidente evite movimentar o acidentado por alguns minutos;

- Se o acidentado não voltar ao normal isole a área e dê proteção até a chegada do socorro;

- Caso necessário faça sombra no local do acidente;

- Dê espaço para o acidentado respirar;

- Afaste os curiosos do local;

- Se o acidentado se recuperar e quiser seguir, olhe nos olhos e peça para ele dizer o nome, mostrar os dentes e apertar sua mão, para ver se as reações dele são normais. Se notar alguma dificuldade, não prossiga. Chame o resgate ou encaminhe o acidentado ao hospital;

- Antes de permitir que ele volte à bicicleta inspecione o acidentado para ver se há cortes profundos, se as articulações estão bem, solicitando que dobre os braços, abra e feche as mãos e tente dar alguns passos. Questione se há dor no abdome, cabeça ou tórax. Em caso positivo não é recomendado que volte pedalando;

- Em caso de corte da pele limpe a área externa sem jogar água dentro da área afetada. Avalie a extensão do corte. No caso de lesão superficial faça uma boa lavagem com água e sabão e depois procure um médico. Para lesões profundas, que certamente requererão pontos cirúrgicos, é muito importante a lavagem da área com água e sabão, mas a limpeza interna deve ser realizada por um especialista;

- Caso haja sangramento procure estancar a área segurando um pano limpo com um pouco de pressão. Evite usar torniquete;

- Em caso de lesão muscular ou articular o uso de uma bolsa de gelo, separada da pele por um tecido, pode ajudar muito;

- Em caso de fratura menor, como de um dedo, imobilize a área e vá para o hospital. Fraturas importantes só com resgate de emergência.

 

Por www.mtbbrasilia.com.br

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | Dica | 5 receitas com banana para quem pratica esportes

5 receitas com banana para quem pratica...

Separamos cinco receitas com banana, saudáveis para você consumir mais desta fruta que tem... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Mulheres ciclistas - A calcinha deve ser usada quando se pedala?

Mulheres ciclistas - A calcinha deve ser...

Não, não e cem vezes não. Mas, sim também.

Bikers Rio Pardo | Dica | Dor nas costas ao pedalar: conheça as causas e como evitá-las

Dor nas costas ao pedalar: conheça as ca...

Dor nas costas ao pedalar é uma das queixas mais frequentes no Mountain Bike. O que não si... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Cicloturismo: como não passar perrengue em uma viagem de bicicleta

Cicloturismo: como não passar perrengue...

O cicloturismo é uma tendência forte na Europa e vem ganhando adeptos no Brasil. Mas antes... veja +

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: 4º BIKE-ROCK-BEER - SÃO ROQUE da Fartura-SP - 10/03/2019

Bikers Rio Pardo | 4º BIKE-ROCK-BEER - SÃO ROQUE da Fartura-SP