Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Noções básicas de primeiros socorros para ciclistas

  • 23/05/2015

Calma é um remédio sagrado na emergência. Tenha em mente que os primeiros 5 minutos são cruciais para o acidentado, portanto mantenha a calma e não perca tempo: telefone para o resgate.


Calma é um remédio sagrado na emergência. Tenha em mente que os primeiros 5 minutos são cruciais para o acidentado, portanto mantenha a calma e não perca tempo: telefone para o resgate.

Fique atento ao som do resgate para orientar a posição correta do acidente. Quando o resgate tomar conta da operação ajude afastando os curiosos e dando espaço para eles trabalharem.

Passada a emergência, pegar orientações com os médicos, dar acompanhamento e carinho podem fazer milagres na recuperação. O resto deixe para especialistas.

- Em qualquer acidente evite movimentar o acidentado por alguns minutos;

- Se o acidentado não voltar ao normal isole a área e dê proteção até a chegada do socorro;

- Caso necessário faça sombra no local do acidente;

- Dê espaço para o acidentado respirar;

- Afaste os curiosos do local;

- Se o acidentado se recuperar e quiser seguir, olhe nos olhos e peça para ele dizer o nome, mostrar os dentes e apertar sua mão, para ver se as reações dele são normais. Se notar alguma dificuldade, não prossiga. Chame o resgate ou encaminhe o acidentado ao hospital;

- Antes de permitir que ele volte à bicicleta inspecione o acidentado para ver se há cortes profundos, se as articulações estão bem, solicitando que dobre os braços, abra e feche as mãos e tente dar alguns passos. Questione se há dor no abdome, cabeça ou tórax. Em caso positivo não é recomendado que volte pedalando;

- Em caso de corte da pele limpe a área externa sem jogar água dentro da área afetada. Avalie a extensão do corte. No caso de lesão superficial faça uma boa lavagem com água e sabão e depois procure um médico. Para lesões profundas, que certamente requererão pontos cirúrgicos, é muito importante a lavagem da área com água e sabão, mas a limpeza interna deve ser realizada por um especialista;

- Caso haja sangramento procure estancar a área segurando um pano limpo com um pouco de pressão. Evite usar torniquete;

- Em caso de lesão muscular ou articular o uso de uma bolsa de gelo, separada da pele por um tecido, pode ajudar muito;

- Em caso de fratura menor, como de um dedo, imobilize a área e vá para o hospital. Fraturas importantes só com resgate de emergência.

 

Por www.mtbbrasilia.com.br

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | Dica | Técnico das equipes de MTB da Oggi dá dicas para competir em provas longas

Técnico das equipes de MTB da Oggi dá di...

Quem vai competir uma ultramaratona, seja amador ou profissional, deve estar muito bem pre... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Dono de rotina insana de treinos, campeão mundial Avancini revela dicas especiais para o sucesso

Dono de rotina insana de treinos, campeã...

No Dia Internacional da Preguiça, atleta olímpico conta como faz para superar adversidades... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | As influências climáticas na pedalada

As influências climáticas na pedalada

Costumamos dizer que um dos maiores inimigos do ciclista é o clima, desde que este nos peg... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Mecânica básica: que ferramentas de bicicleta eu preciso ter em casa?

Mecânica básica: que ferramentas de bici...

Mecânica básica: que ferramentas de bicicleta eu preciso ter em casa?

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: CICLO AVENTURA - ALPINÓPOLIS-MG - 25/11/2018

Bikers Rio Pardo | CICLO AVENTURA - ALPINÓPOLIS-MG